Como criar Mini Coelhos

Olá, Seja Bem Vindo a Página de Como Criar Mini Mini Coelhos. Aqui você encontra todas Informações e Curiosidades. Caso tenha mais alguma Dúvida, pode entrar em contato através de nosso Site ou WhatsApp. Estamos à disposição.

 

MINI COELHO EM SEU NOVO LAR:
É importante já ter preparado tudo que ele precisará quando chegar em casa: a gaiola, os alimentos e os acessórios indicados pelo criador. Talvez ele chegue assustado e precisará de cuidado e atenção. Coloque-o na gaiola e deixe-o descansar um pouco. Logo irá se acostumar com o novo ambiente e o novo dono. Solte-o para dar um passeio em um lugar seguro, onde não tenha fios elétricos ou buracos pequenos que possa entrar. Deixe ele se aproximar devagar e não o force a ir em seu colo ou fique segurando por muito tempo. Isto estressará o coelhinho e poderá prejudicar sua saúde. Procure não estressá-lo. Deixe-o cheirar sua mão, converse com ele, assim ele irá conhecer você. Depois que ele se acostumar você poderão brincar bastante.
• Oriente as crianças para que tenham paciência nos primeiros dias, pois o excesso de manuseio pode ser prejudicial ao filhote. Deve-se aproximar aos poucos, acariciando, depois pegar com jeitinho pela barriga apoiando os pezinhos para que ele não se bata e acabe arranhando. Não force o animal, assustando-o ou segurando de mau jeito. Nunca segure pelas orelhas. Deixe-o descansar quando estiver cansado. Lembre-se que ele é um filhote e é sensível ao manuseio. Não deixe as crianças baterem na gaiola. Supervisione para que não sejam oferecidos objetos ou alimentos inadequados para o coelhinho.

ALIMENTAÇÃO:
• Os coelhos são animais herbívoros, não devemos alimentá-los com nada que fuja da dieta de um herbívoro.
• A ração e os vegetais são os principais alimentos de seu coelho. Recomendamos a ração da Purina e a Funny Bunny. Ela deve ser administrada 2 vezes ao dia. Para complementar a ração você pode dar frutas (menos as cítricas) eles adoram banana, maçã, pêra e verduras escuras, como espinafre, rúcula, couve, ramagem de cenoura, de beterraba, de erva-doce, almeirão, chicória, repolho, incluvise as folhas que não consumimos. Não dê temperos, como salsinha e verduras claras, como alface.
• Cuidado com as rações de engorda, encontradas facilmente nos aviários. Compre sempre as marcas indicadas.
• Alfafa em cubos ou ramas. Oferecer 1 cubo ou porção de rama por dia. Auxilia na digestão, melhora o pêlo, complementa a alimentação e ajuda a evitar bolas de pêlo no estômago.
• Não deixe verduras molhadas, na gaiola, por mais de 24hs para evitar que fermentem. O mesmo vale para a ração, o comedouro deve estar totalmente seco e limpo.
• A água a vontade é fundamental. O ideal é um bebedouro externo à gaiola, para evitar que o coelho se molhe ou suje a água.

EXERCÍCIOS:
O exercício é vital para a saúde do coelho. Coelhos criados sempre presos têm maior propensão a criar distúrbios de comportamento, e maior agressividade. No começo ele faz as necessidades por todas as partes da casa, mas aos pouquinhos ele vai se acostumando e usará um único local.

LOCAL DA GAIOLA E LIMPEZA:
• Não o exponha diretamente ao sol, à chuva ou ao vento forte. A gaiola deve ficar em um local arejado, pois eles sentem muito calor, mas não deixe correntes de ar atingir o recinto.
• A gaiola deve ser limpa todos os dias caso use jornal. No uso de serragem a troca pode ser parcial ou total a cada 2 ou 3 dias. O cheiro da urina pode irritar os olhos e o aparelho respiratório, debilitando o animal.
• A gaiola deve ter no mínimo 60x40x40 cm, com grade na parte inferior, comedouro fixo ou de barro bem pesado e bebedouro externo do tipo garrafinha. O coelho não deve ficar em contato com sua própria urina e fezes, por isso a importância da grade inferior. Você deve colocar uma madeira para ele deitar e descansar os pezinhos, pois a grade pode causar calos.
• Faça uma caminha com cepilho, feno ou palha e logo ele irá procurá-la. Eles adoram uma toca! Providencie uma caixa ou casinha para ele dormir e se esconder. Eles vão se sentir mais protegidos, quentinhos e confortáveis!
• Coloque um bichinho de pelúcia para fazer companhia ao seu coelhinho. Em dias frios, não deixe de colocar um paninho ou um abrigo para ele se aquecer.
• Coelho não toma banho, a não ser em casos extremos. Ele se lava sozinho. Caso ele se molhe seque-o logo para que a umidade não favoreça a proliferação de fungos.

UNHAS E DENTES:
• Os dentes do coelho nunca param de crescer, então sempre deixe na gaiola algo para roer e fazer esse desgaste naturalmente, pode ser usado brinquedos de madeira sem tratamento químico (madeira de pinus), e também dar alimentos como cenoura e talos de verduras que ajudam no desgaste dos dentes.
• As unhas também crescem rápido, você pode lixar, ou comprar uma tesoura própria para cortar unhas de cães e gatos e com cautela cortar apenas as pontas das unhas. Se preferir, leve-o a um profissional que ele fará isso para você.
• Jamais aplique anti-pulgas ou use produtos de cães e gatos em seu coelho, eles podem causar intoxicação e morte.

COMO CARREGAR SEU MINI COELHO:
• Coloque uma de suas mãos embaixo da barriguinha dele e a outra coloque embaixo dos pés de trás dele prendendo-os contra o peito, assim dará proteção e segurança. Nunca o segure pelas orelhas, pode distendê-la ou machucá-lo. Se ele quiser insistentemente sair do seu colo, solte-o, pois pode estar querendo fazer xixi ou talvez esteja nervoso ou queira correr um pouco.
• Faça carinhos antes de segurá-los para se acostumarem com você. Cuidado com as unhas, são bem afiadas e podem arranhar! Os coelhinhos adoram carinhos, acaricie seu coelho na testa, entre as orelhas ou ao longo das costas, eles adoram e com o tempo até pedem carinho.